caderno-goiabada - nina rizzi

Código: 9786500438383
R$ 38,00
Comprar Estoque: Disponível
  • R$ 38,00 Boleto Bancário
  • R$ 38,00 American Express, Visa, Diners, Mastercard, Aura, Hipercard, Elo
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

caderno-goiabada

nina rizzi


Posfácio: Heloisa Buarque de Hollanda

 

 

"E, a qual gênero literário pertence esse caderno? Para mim, não hesito em responder: poesia. Uma poesia que se permite dar, a cada texto, o direito de ouvir o formato que o se dizer pede, que se permite escorregar do poema ao diário, às receitas, ao miniconto, à poesia em prosa e à prosa poética. Tudo em estado de alerta, pronto para calar-se quando melhor for, pronto para recuar quando se dá conta do “silêncio que tange o sino,/ ovários, panelas.” [...] Poesia que se experimenta e se doa como linguagem, que compartilha suas metáforas, seus insights, seu afeto."  Heloísa Buarque de Hollanda

 

 

Excertos:

 

Busco uma aprendizagem. As crianças passam boa parte do dia fora. O homem a trabalhar. Ou que seja.
A aprendizagem consiste nesse isolamento. Crio um pequeno abrigo em meio ao canteiro estreito, às pedrinhas e aos jarros e vasilhas de garrafas vazias.
É a minha pequena selva, meu pequeno abrigo.
Às vezes estou a mexer na terra e o homem diz que pareço uma velha bruxa. Faço uma cara que deve ser mesmo de uma velha bruxa, daquelas que podiam matar só num olhar fulminante, embora só seja de desagrado e, na verdade também muito de resignação. Ele diz que eu pare de zanga, que ele só zomba de enxame.
Bastam uns cuidadinhos, uma conversa com as plantinhas, umas festinhas em seus corpos de delicadeza pura e em poucas semanas minha pequena selva é cozinha, é farmácia. Isso faz de mim cozinheira-médica?
Uma “planta mestra” preparada, combinada e ingerida de um modo ou outro me põe em aprendizado. Eu as escuto numa escuta selvagem.
Como uma meditação muito sutil. E ela se achega, eu a desejo e escuto seu canto, sua dança.

[…]
Chamam simpatia, como as antigas vizinhas de minha infância e até a minha mãe chamava assim essa arte de se cuidar com plantas. Chamo amor. E o aprendizado no amor tanto mais se floresce partilhando.


primeira anotação-goiabada

desculpa, amor, marido, essa maresia sobre a mobília.
eu vou fechar os olhos, tá?


vingança-goiabada
nunca fui tua, amor. menti só pra você me comer.

 

 

 

 

 

Isbn: 978-65-00-43838-3

 

Ano: 2022

 

Formato: 14x21

 

Número de páginas: 128

 

Produtos relacionados

R$ 38,00
Comprar Estoque: Disponível
Sobre a loja

Edições Jabuticaba é uma pequena editora voltada para a boa literatura. Floresce interessada em divulgar novos autores e a traduzir poetas e prosadores clássicos e contemporâneos que gostaríamos de ver em circulação no Brasil.

Social
Pague com
  • PagSeguro V2
Selos

Marcelo Freddi Lotufo - Edições Jabuticaba - CNPJ: 42.682.691/0001-09 © Todos os direitos reservados. 2022


Para continuar, informe seu e-mail